23 de set de 2010

Sempre vale a pena.


Não se fixe nas

Mágoas e ressentimentos

Eles se esvaem

Com o tempo

E os ventos do esquecimento

Invista no amor

Que é perene

E eterno

O amor familiar

É aquele em que

Se deve investir

Vale a pena

Nenhum comentário:

Postar um comentário